Curitiba após se entregar e ser preso

Ex-presidente se apresentou à Justiça e um avião da PF o conduziu de SP a Curitiba, onde vai cumprir pena de 12 anos e 1 mês   Lula c...

Ex-presidente se apresentou à Justiça e um avião da PF o conduziu de SP a Curitiba, onde vai cumprir pena de 12 anos e 1 mês

 

Lula chegou ontem, por volta de 22h30, à sede da PF em Curitiba

Ricardo Moraes/Reuters - 07.04.2018
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou a primeira noite na carceragem da PF (Polícia Federal), em Curitiba, neste domingo (8), após se apresentar à Justiça e ser preso na noite do último sábado (7) — quase 26 horas após o prazo estipulado pelo juiz Sérgio Moro.
Lula foi condenado, primeiro, por Moro a 9 anos e meio e, depois, pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal) a 12 anos e 1 mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, por ter recebido um tríplex no Guarujá da empreiteira OAS em troca de contratos com a Petrobras.
Lula está em uma cela especial chamada de Sala de Estado Maior — uma determinação do juiz Moro


De acordo com o delegado da PF Igor Romário de Paula, lotado em Curitiba, trata-se de “uma sala simples, que só tem uma cama, uma mesa com cadeiras e o acesso a um banheiro”. O local tem cerca de 15 metros quadrados.
No sábado, assim que Lula chegou à PF em Curitiba, houve confusão e bombas de gás lacrimogênio foram atiradas contra os manifestantes. Ao menos nove pessoas se feriram.
Hoje de manhã, a sede da PF na capital paranaense amanheceu tranquila, sem apoiadores de Lula e somente com a presença da imprensa.
Lula em Curitiba
Lula se entregou aos agentes da Polícia Federal em São Bernardo do Campo (SP) por volta de 18h45 de sábado. O ex-presidente foi levado à superintendência da PF em São Paulo, na zona oeste da cidade. Lá, Lula fez um exame de corpo de delito.
Em seguida, Lula foi levado de helicóptero até o aeroporto de Congonhas, de onde decolou rumo a Curitiba em um avião da PF.
A aeronave aterrissou no Aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, por volta das 22h deste sábado (7). Às 22h27, de helicóptero, Lula chegou à sede da Polícia Federal.
Manifestações e confusão
A superintendência da PF em Curitiba estava cercada de apoiadores de Lula. Quando o ex-presidente pousou de helicóptero no local, policiais que faziam a segurança do portão principal do prédio jogaram bombas de gás lacrimogêneo em direção aos manifestantes. Houve correria e ao menos nove pessoas ficaram feridas — sendo duas mulheres e quatro crianças.
A PM (Polícia Militar) do Paraná informou que o tumulto começou no meio dos manifestantes, com duas explosões. Em seguida, segundo a PM, a Polícia Federal revidou.
"Houve uma explosão, na verdade, duas explosões, no meio dos manifestantes. Com o efeito das explosões, eles avançaram contra o portão da Polícia Federal e esta, por sua vez, repeliu", afirmou o tenente-coronel Mário Henrique do Carmo, comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar.
De acordo com Carmo, os estouros ocorreram no momento que policiais e manifestantes negociavam área de interdição no entorno da PF.
O Corpo de Bombeiros confirmou que nove pessoas foram atendidas, sendo pelo menos duas mulheres e quatro crianças, por causa da intoxicação com gás lacrimogêneo e pequenas escoriações. Além disso, um homem foi ferido por bala de borracha e um policial teve escoriações.

Lula chegou ontem, por volta de 22h30, à sede da PF em Curitiba

Matérias relacionadas

destaque 6080305434803935544

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Fanpage

Aluguel de cadeiras e mesas

Aluguel de cadeiras e mesas
87)8799118-2878 OU 87)99951-9970

Som Propaganda

Som Propaganda
87)99951-9970 ou 8799118-2878

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Radio Cidde Mix

Radio Cidde Mix
ao vivo elias_publicidade@outlook.com

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Total de visualizações de página

item