Novela com mulher querendo virar homem é afronta à família, diz vereadora do Recife

A vereadora Irmã Aimée, do PSB, também cobra respostas da gestão Geraldo Julio por oficina sobre feminismo, sexualidade e combate a violênci...

A vereadora Irmã Aimée, do PSB, também cobra respostas da gestão Geraldo Julio por oficina sobre feminismo, sexualidade e combate a violência no Compaz

A vereadora, que é evangélica, afirmou que programas de TV querem doutrinar as famílias
Foto: Divulgação
JC Online
Atualizada na sexta (12) às 15h46 com nota de retratação do Banco Itaú
A vereadora Irmã Aimée Carvalho (PSB) afirmou, nesta quinta (12), haver uma campanha em curso de alguns quadros políticos que tentam, segundo ela, desvalorizar a família, banir os valores cristãos e sexualizar as crianças. "Prova disto são as desculpas cada vez mais esfarrapadas. Agora, a pretexto de arte, promovem até a pedofilia", afirmou a vereadora em referência à apresentação no MAM, o Museu de Arte Moderna, em São Paulo, em que uma criança interage com um homem nu.
A exposição foi acusada de incentivar a pedofilia e alvo de ataques de políticos e do Movimento Brasil Livre (MBL). Durante a apresentação, o artista Wagner Schwartz sem roupas ficava deitado no centro de um tablado, interagindo com os espectadores, incluindo uma criança que aparenta ter entre 4 e 6 anos de idade. A menina toca na ponta dos dedos da mão e na canela de Schwartz e depois sai para assistir ao resto da apresentação.
A vereadora, que é evangélica, ressaltou que programas de TV querem 'doutrinar as famílias'. "Na TV tem novela com mulher querendo virar homem e jornalístico ensinando que menino deve brincar de boneca. É uma afronta as famílias, que devem abandonar e boicotar a programação de uma rede de TV que parece estar comprometida com a desvalorização dos valores morais", afirmou a parlamentar em relação ao personagem Ivan, um homem trans, na novela 'A Força do Querer', da Rede Globo.

VEREADORA COBRA SECRETARIA DA MULHER POR PROJETO COM MENINAS

Irmã Aimée declarou em nota enviada à imprensa que vai pedir à Secretaria da Mulher do Recife explicações sobre a programação promovida no Compaz do Alto de Santa Terezinha, as oficinas do programa "Hoje Menina, Amanhã Mulher". De acordo com a Prefeitura do Recife, o projeto tem como objetivo transformar as participantes em líderes de suas comunidades e multiplicadoras do feminismo.

Para isto, são debatidos temas como raça, identidade de gênero, combate à violência doméstica, sexualidade e direitos reprodutivos. O evento é uma iniciativa da Secretaria da Mulher do Recife em parceria com o Unicef e o Centro das Mulheres do Cabo. "Precisamos saber o que está sendo abordado nestas programações. Não quero imaginar que estão ensinando a meninas de 14 anos que elas têm, por exemplo, o direito de decidir se mantém ou não uma gravidez indesejada", afirma a vereadora.
fonte: jconline
A vereadora, que é evangélica, afirmou que programas de TV querem doutrinar as famílias / Foto: Divulgação

Matérias relacionadas

destaque 4210906167170952733

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item