Empresa pretende usar tecnologia para fazer chover na PB

Em entrevista, Cássio Clemente, explicou como fazer chuva através de ferramentas tecnológicas.  Ele disse que é possível criar nuvens chuvo...

Em entrevista, Cássio Clemente, explicou como fazer chuva através de ferramentas tecnológicas. Ele disse que é possível criar nuvens chuvosas que resolveria o problema da seca no Estado

Em evento promovido nesta quinta-feira (09) na Federação das Indústrias, que discutiu estratégias de convivência com a seca, pesquisadores de uma empresa, detentora de uma tecnologia de ionização, apresentaram alternativas de fazer chover na Paraíba.
Em entrevista, o representante da empresa, Cássio Clemente, explicou como fazer chuva através de ferramentas tecnológicas.

Ele disse que é possível, através de descargas elétricas na atmosfera, criar nuvens chuvosas que resolveria o problema da seca no Estado.

– Ionização atmosférica é uma tecnologia que foi desenvolvida em Israel, que busca a gestão adequada do tempo do clima e conseguimos, através de descargas elétricas na atmosfera, criar chuva, dissipar nevoeiros, diluir poluição e diminuir tornados e furações. Acredito que podemos trazer resultados em curtos espaços de tempo. Teríamos que instalar estações espalhadas pelo Estado, para aproveitar a corrente da Amazônia, da patagônia e as do litoral, criando um ambiente adequado no Cariri – explicou.

Waltemilton Cartaxo, representante da Embrapa, que esteve no evento, comentou a importância de adotar tecnologias para conviver com os anos de estiagem.

– A Embrapa tem que estar perto das tecnologias. As águas do São Francisco são extremamente importantes. Os anos de seca chegaram e nós estamos juntando as forças para testar essa tecnologia – contou.

O secretário da Agropecuária e Pesca do estado da Paraíba, Rômulo Montenegro, também ressaltou a pertinência de discutir o tema e de trazer tecnologias para a gestão das águas.

– É sabido que a seca é um fenômeno que não se extingue. Discutir tecnologias de convivências com a seca são fundamentais para que se supere os obstáculos. Temos que ter, enquanto estado, formuladores de políticas públicas para a agropecuária.  Aproximar-se de tecnologias é um alento, pois, hoje, não temos água sequer para as pessoas beberem, que dirá para a agropecuária – frisou.

As declarações repercutiram na Rádio Campina FM.


Paraíba OnlineResultado de imagem para fazer chover

Matérias relacionadas

destaque 3604573231896040785

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item