Asteroide gigante passará próximo à Terra neste domingo

O asteroide 2013FK passará bem próximo à Terra, neste domingo (5), de acordo com o Observatório Nacional, ligado ao Ministério da Ciência,...

O corpo celeste atravessará o planeta Terra a 2,7 milhões quilômetros, segundo os cientistas / Foto: Agência Espacial Brasileira/ Divulgação

O asteroide 2013FK passará bem próximo à Terra, neste domingo (5), de acordo com o Observatório Nacional, ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Mesmo com a proximidade do objeto, os especialistas garantem que não há risco de colisão com o planeta.

O corpo celeste atravessará a 2,7 milhões quilômetros do planeta, segundo os cientistas. O Observatório Astronômico vai monitorar a passagem do objeto por meio de um telescópio instalado no município de Itacuruba, no Sertão de Pernambuco, a 466 quilômetros do Recife. Os especialistas dizem que a proposta da observação é estudar as propriedades físicas do asteroide.

Outros asteroides vão passar próximos à Terra

Outros corpos celestes também vão passar próximo ao planeta ainda este ano. No dia 23 de setembro, a 153 mil quilômetros de distância, o objeto será menor, de 11 metros de diâmetro. Já no dia 12 de outubro, outro objeto, dessa vez com 19 metros de diâmetro, chegará ainda mais perto: 38.400 quilômetros da superfície do planeta.

Astrônomo diz que asteroide pode destruir a Terra em fevereiro

A Nasa contou que o cometa C/2016 U1 (Neowise) chegou, em 14 de janeiro deste ano, bem próximo em relação à Terra nas imediações do Sol. Já o asteroide 2016WF9 está previsto para passar próximo ao planeta , no dia 16 de fevereiro de 2017, podendo causar uma grande destruição, de acordo com o especialista em astronomia Dyomin Damir Zakharovich entrevistado por um jornal britânico.
Uma possível colisão do objeto com a Terra daria o fim a atual civilização , provocando um grande tsunami, segundo o cientista. Por outro lado, a Nasa diz que a proximidade do corpo celeste não representa perigo ao planeta.
Os astrônomos ainda não sabem a origem do 2016WF9 com precisão, nem determinaram se o objeto é um asteroide ou um cometa sem nuvem de poeira. Ainda de acordo com os especialistas, o corpo celeste tem pelo menos um quilômetro de diâmetro, visto pela última vez no dia 27 de novembro de 2016.

Asteroide passou 'raspando' na Terra

O asteroide 2017 BH30 passou 'raspando' na atmosfera da Terra, na última segunda-feira (30), de acordo com os astrônomos do observatório Catalina Sky Survey, no Arizona, Estados Unidos. A distância entre o planeta e o objeto foi de 65 mil quilômetros, diferença que representa uma distância seis vezes menor do que a Terra em relação à lua. A informação foi divulgada pelo Centro de Pequenos Planetas da União Astronômica Internacional.
"O asteroide aproximou-se da Terra às 08h do horário de Moscou [3h da manhã de Brasília] e provavelmente os astrônomos amadores podem ter tirado fotos dele", contou um pesquisador da entidade. Os especialistas em astronomia calculam que o tamanho do corpo celeste tinha, aproximadamente, dez metros de diâmetro.

Raros asteroides acabariam com a Terra

Segundo os astrônomos, são raros os grandes asteroides com poder de acabar com a atual civilização. A Nasa ameniza ao dizer que a probabilidade de um deles atingir a Terra é de um em cada 50 ou 60 milhões de anos. Depois de um asteroide exterminar os dinossauros, muitas pessoas ainda pensam que o próximo poderá acabar de uma vez a Terra
NE10

Matérias relacionadas

curiosidades 877403559278867577

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2016

http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item