Irmãos são deixados em quintal com carta: 'Não aguento ver passar fome'

Crianças de 1 e 3 anos foram encontradas em Camboriú, no Litoral Norte. Moradores viram mulher abrir portão de residência e deixar meninos...

Crianças de 1 e 3 anos foram encontradas em Camboriú, no Litoral Norte.
Moradores viram mulher abrir portão de residência e deixar meninos dentro.


Crianças foram deixadas com mochila e carta em quintal de casa em Camboriú (Foto: Reprodução/RBSTV)
Crianças foram deixadas com mochila e carta em quintal de casa em Camboriú (Foto: Reprodução/RBSTV)
Duas crianças - uma menina de 3 anos e o irmão, de 1 ano e meio - foram encontrados abandonados nesta quinta-feira (5) no quintal de uma casa no bairro Monte Alegre, em Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Como mostrou o RBS Notícias, a mãe deixou junto delas uma mochila com uma carta em que afirmou que não aguentava mais ver os filhos passando fome.
Conforme relatos, a mãe abriu o portão de uma casa, colocou os filhos do lado de dentro e foi embora. Um casal que estava no imóvel chamou a Polícia Militar. Com as crianças, havia também mamadeiras, fraldas, certidão de nascimento, carteira de vacinação e encaminhamentos médicos - o menino seria epiléptico.
Na carta, a mãe pediu que as crianças fossem encaminhadas ao Conselho Tutelar.  "Por favor, chame o Conselho Tutelar. Não aguento mais ver meus filhos passar fome". De acordo com o conselheiro tutelar Diego Raphael Rocha Pereira, as crianças estavam sujas e tinham piolhos, mas sem sinais de agressões.
  •  
Mãe deixou bilhete em que afirma não aguentar mais ver filhos passando fome (Foto: Reprodução/RBSTV)Mãe deixou bilhete em que afirma não aguentar mais ver filhos passando fome (Foto: Reprodução/RBSTV)
Pelos documentos, a polícia conseguiu identificar os familiares das crianças, filhas de pais diferentes. Eles, assim como a mãe, têm passagens por furto e tráfico de drogas. Como mostrou a reportagem, a mulher vai responder por abandono de incapaz.
Segundo Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento, a mãe chegou a procurar auxílio seis meses atrás. A secretária Andréia de Souza Machado afirmou que a mulher teria recebido acompanhamento mensal, se tivesse solicitado. Segundo Andréia, equipes tentaram localizar a mulher no endereço informado por ela, mas não tiveram sucesso.
As crianças foram levadas para um abrigo. Elas deverão ser encaminhadas para adoção, mas o processo deve demorar pelo menos 6 meses.G1

Matérias relacionadas

destaque 5323450869699164069

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

UNICON CONTABILIDADE

UNICON CONTABILIDADE

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim
item