Casal transgênero dá a luz ao primeiro filho no Equador

Pode parecer estranho, mas um casal transgênero teve um filho recentemente. É isso mesmo, o pai (que nasceu mulher) ficou grávida da mãe (q...

Pode parecer estranho, mas um casal transgênero teve um filho recentemente. É isso mesmo, o pai (que nasceu mulher) ficou grávida da mãe (que nasceu homem) e deu à luz a um menino, no Equador.
Quatro meses após o nascimento do primeiro filho, Fernando Machado – um homes trans – e Diane Rodriguez – uma mulher trans – disseram ter o desejo de aumentar a família. O casal, mostrou o bebê após se tornar o primeiro par transgênero a engravidar na América do Sul.
Eles ainda não escolheram o nome do bebê, mas a criança é carinhosamente chamada de Caraote, que significa “o caracol”. “Nós não temos um nome ainda, ou melhor, só estamos esperando para anunciá-lo”, comentou Diane.
Segundo Diane, ser mãe nunca esteve em seus planos, pois é transexual. “A lei antes exigia que para eu ser reconhecida como uma mulher, tinha que ser operada”, comenta. Diane estampou as manchetes de seu país em 2013, quando se tornou a primeira candidata transgênera a concorrer ao Congresso. Ela lutou contra o preconceito de sua família, que a forçou a viver nas ruas. “Nós somos iguais às outras famílias, porém não temos os mesmos direitos”, disse Fernando à BBC.
O casal tem mantido seus fãs atualizados com as imagens da maternidade. “Adivinha onde estamos e o que estamos fazendo“, escreveu Fernando, na legenda de uma das fotos publicadas.
Ele também postou fotos da cicatriz da cesariana em uma tentativa de mostrar que a cirurgia aconteceu de fato. Eles anunciaram on-line a notícia da gravidez. Na época, Diane disse à mídia mexicana: “Este foi o desejo de ambos e não havia nada biológico ou legal para nos parar, por isso, decidimos concretizar”.
Fernando, que nasceu como Maria na Venezuela, se lembra de como o namoro começou. “Depois de alguns dias batendo papo com ela, peguei um ônibus e fui para o Equador“, comenta. “Depois de três semanas morando juntos, fiquei grávido“. A gravidez só aconteceu porque nem Diana e nem Fernando realizaram a cirurgia de mudança de sexo. Por esse motivo, não foi preciso ajuda médica.
“Vivemos como homem e mulher. Sou uma mulher trans e Fernando é um homem trans. O processo para chegar até aqui foi complexo, mas sabendo que é nosso direito, decidimos adicionar outro membro à nossa família”, completou Diane.
Fernando comentou sobre o momento em que descobriu que estava grávida. “Enviei a foto do teste para a minha mãe. Ela, então, mostrou o resultado a um médico que anunciou: ‘É positivo’”, comenta. “Comecei a chorar de felicidade, medo e pavor, tudo de uma vez. Foi o momento mais bonito, nunca me senti assim antes“, completa.
Do Daily Mail

Matérias relacionadas

curiosidades 5374458649558548988

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2016

http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item