Menor é torturado e enterrado vivo até o pescoço em praia nortestina

Um adolescente de 14 anos sofreu, de acordo com a Polícia Civil, o crime de tortura na praia de Intermares, no município de Cabedelo, na ...



Um adolescente de 14 anos sofreu, de acordo com a Polícia Civil, o crime de tortura na praia de Intermares, no município de Cabedelo, na Grande João Pessoa, no fim da tarde desta quarta-feira (8). O menor foi agredido por um grupo de cerca de cinco integrantes, que o amarraram, o enterraram na areia até o pescoço e urinaram na cabeça dele. Dois foram detidos. Segundo o delegado Ademir Fernandes, da 7ª Delegacia Distrital de Cabedelo, onde o caso foi registrado, o garoto estava na praia com o objetivo de surfar e já seria conhecido do grupo agressor.

“Ele estava sentado próximo a uma tenda onde se alugam pranchas de surfe. Nesse momento, um dos suspeitos o agarrou para fazer uma brincadeira de mau gosto. A vítima então mordeu a mão dele e correu para um local próximo, onde ficou assistindo a uma partida de futevôlei”, contou o delegado. Após a fuga, conforme explicou Fernandes, o menor foi surpreendido por outro suspeito e levado novamente até onde estava o grupo, que cometeu o crime enquanto a vítima chorava e se debatia.

“Foi uma agressão mais psicológica do que física, com intuito de punir o adolescente, que não chegou a se ferir”, afirmou o delegado, acrescentando que toda a ação foi filmada pelos suspeitos, que também chegaram a colocar um balde na cabeça do menor quando este já estava enterrado até o pescoço. A polícia teve acesso ao vídeo e pôde constatar a tortura sofrida. De acordo com o delegado, um dos suspeitos ajudou o menor a se desenterrar. Ele então se desamarrou e correu para a pista, onde encontrou uma guarnição da Polícia Militar que havia parado no local para fazer um lanche. Os policiais seguiram indicações da vítima e detiveram dois dos suspeitos, de 21 e 14 anos, enquanto os demais fugiram.

Eles foram ouvidos na 7ª DD e conduzidos para a Central de Polícia Civil de João Pessoa. A vítima prestou depoimento na companhia do pai e já está sob responsabilidade da família. (Blog do Nilson Macedo/ Informações: Chico César)

(Blog do Nilson Macedo)

Matérias relacionadas

destaque 8221140243961075527

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Fanpage

Aluguel de cadeiras e mesas

Aluguel de cadeiras e mesas
87)8799118-2878 OU 87)99951-9970

Som Propaganda

Som Propaganda
87)99951-9970 ou 8799118-2878

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Radio Cidde Mix

Radio Cidde Mix
ao vivo elias_publicidade@outlook.com

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Total de visualizações de página

item