H1N1: Vacinação contra gripe começa amanhã (18) na rede pública de Pernambuco

Em Pernambuco, a  vacinação contra a gripe  começará nesta segunda-feira (18), quando serão imunizados os profissionais de saúde. Essa pri...


Em Pernambuco, a vacinação contra a gripe começará nesta segunda-feira (18), quando serão imunizados os profissionais de saúde. Essa primeira etapa irá até o dia 22. Desde a última segunda (11), as 12 Regionais de Saúde começaram a receber as doses e estão organizando a distribuição para os municípios. Até o momento, Pernambuco recebeu do Ministério da Saúde (MS) 538.160 doses da vacina contra a influenza (24% do total).
A partir do dia 25 deste mês, inicia-se a pré-campanha para toda a população inclusa nos grupos prioritários para a vacina: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.
DIA D
O Dia D conta a Influenza está marcado para 30 de abril em todo o Brasil. Até a segunda semana de maio, o MS informou que encaminhará as doses para imunizar todos os 2.095.962 pernambucanos inclusos nos grupos prioritários. A expectativa da campanha é imunizar, no mínimo, 80% desse público total contra vírus da influenza: H1N1, H3N2 e B.
“A proteção da vacina contra a influenza dura cerca de um ano. Por isso, a necessidade da população inclusa nos grupos prioritários participarem das campanhas anuais. A imunização contribui para prevenção da gripe nos grupos vacinados, e isso tem um importante impacto na redução do agravamento dos casos, na redução de internações hospitalares, gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias e na diminuição dos casos de morte”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (PEI/SES), Ana Catarina de Melo. Ela ainda lembra que crianças que tomarem a vacina pela primeira vez devem receber uma 2º dose 30 dias após a 1º.
A imunização é contraindicada para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. Em caso de doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro.
A vacinação contra a influenza pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global. Em residentes em lares de idosos, reduz o risco de pneumonia em cerca de 60%, o risco global de hospitalização em cerca de 50% e o de morte em 68%. Ela ainda pode reduzir em 40% os casos de síndrome gripal.
 Do NE10

Matérias relacionadas

destaque 3176582081289468667

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item