Pai é preso por colocar o próprio filho à venda na internet

OS DELEGADOS DA POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS ANA MARIA SANTOS, FELIPE FALLES E PEDRO VICIRA COM AS ROUPAS QUE O RECÉM-NASCIDO USAVA NO ANÚN...

Os delegados da Polícia Civil de Minas Gerais Ana Maria Santos, Felipe Falles e Pedro Vicira com as roupas que o recém-nascido usava no anúncio na internet e que foram apreendidas com os pais nesta terça-feiraOS DELEGADOS DA POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS ANA MARIA SANTOS, FELIPE FALLES E PEDRO VICIRA COM AS ROUPAS QUE O RECÉM-NASCIDO USAVA NO ANÚNCIO NA INTERNET E QUE FORAM APREENDIDAS COM OS PAIS NESTA TERÇA-FEIRA
Um homem de 24 anos foi preso nesta terça-feira em Minas Gerais por suspeita de ter colocado o próprio filho, um bebê de dez dias, à venda em um site de compras na internet. À polícia, ele afirmou que se tratava de uma brincadeira. O suspeito deve responder pelos crimes de "prometer ou efetivar a entrega de filho ou pupilo a terceiro, mediante paga ou recompensa" e de "submeter criança ou adolescente a vexame ou a constrangimento", conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Segundo a Polícia Civil, o anúncio foi feito na última segunda-feira e trazia a seguinte descrição: "Vendo lindo bebê com dez dias de vida, homem lindo, com saúde total e comprovada. Ótimo investimento. Valor a combinar". O suspeito e a mãe da criança, de 23 anos, foram encontrados na cidade de Ibirité, região metropolitana de Belo Horizonte, e lavados para prestar depoimento na delegacia. Junto com eles foram apreendidos o celular da mãe, em que estavam os e-mails de confirmação da postagem, e as roupas que a criança usava no anúncio.

De acordo com a Polícia, o pai da criança inicialmente negou ser o autor do anúncio, mas depois confirmou sua autoria e disse que havia anunciado o filho de brincadeira. À Polícia, ele contou que usou o celular da esposa e elaborou a postagem. A responsabilidade da mulher não foi confirmada e, por isso, ela foi ouvida e liberada. "Nesse primeiro momento, a responsabilidade dela está afastada, mas nada impede que, no curso das investigações, seja comprovada uma omissão por parte dela ou sua prévia ciência [em relação à postagem]", disse o delegado Pedro Vicira, em vídeo divulgado pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Além do recém-nascido, o casal tem outros dois filhos, uma menina, de 4 anos de idade, e um menino, de 2 anos. Os três foram encaminhados para realização de exame de corpo de delito, onde foi constatado que eles não apresentavam sinais de maus tratos, e depois foram entregues ao Conselho Tutelar.

(Da redação)

Matérias relacionadas

policia 2423670421539027366

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Fanpage

Aluguel de cadeiras e mesas

Aluguel de cadeiras e mesas
87)8799118-2878 OU 87)99951-9970

Som Propaganda

Som Propaganda
87)99951-9970 ou 8799118-2878

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Radio Cidde Mix

Radio Cidde Mix
ao vivo elias_publicidade@outlook.com

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Total de visualizações de página

item