Prêmio Ariano Suassuna reconhece dramaturgos e mestres da cultura popular

Incentivar a produção dramatúrgica de Pernambuco, por meio da publicação de textos inéditos e preservar, na área da Cultura Popular, a me...

divulgação
Incentivar a produção dramatúrgica de Pernambuco, por meio da publicação de textos inéditos e preservar, na área da Cultura Popular, a memória das expressões populares em todas as suas formas e modos próprios são os objetivos do 1º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia, lançado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe. O edital do prêmio – que foi lançado pelo governador Paulo Câmara, em julho deste ano, durante o 25º Festival de Inverno de Garanhuns – já está disponível AQUI. As inscrições ficarão abertas de 4 de janeiro a 4 de março.
Inspirado na forte contribuição de Ariano, tanto no campo das artes quanto da gestão pública de Cultura, o edital será publicado anualmente e, nesta primeira edição, distribuirá R$ 151 mil em prêmios. O resultado será divulgado sempre a cada dia 16 de junho, data de aniversário do mestre Ariano.
No segmento Cultura Popular serão distribuídos até oito prêmios, que poderão somar um total de R$ 100 mil. O segmento está dividido em duas categorias: “Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres” e “Grupos/Comunidades”. Para cada categoria estão previstos quatro prêmios, sendo um para cada macrorregião do Estado: Mata, Agreste, Sertão e Região Metropolitana. Na categoria Mestres e Mestras dos Saberes e Fazeres, os selecionados receberão premiação no valor de R$ 10 mil. Já na segunda categoria, os grupos e as comunidades serão contemplados com o valor de R$ 15 mil cada um, distribuídos entre as quatro macrorregiões.
Poderão concorrer mestres, grupos ou comunidades de Pernambuco. O prêmio será destinado a práticas já desenvolvidas e que valorizem a transmissão dos saberes e fazeres da cultura popular em Pernambuco. As inscrições poderão ser feitas por meio oral (registrado em vídeo) ou escrito (por meio físico, ou digital, por email). Todas as candidaturas ao Prêmio Ariano Suassuna serão analisadas por uma Comissão de Seleção, formada por membros de notório saber nomeados pela Secult-PE/Fundarpe.
“É um prêmio que até mesmo por sua metodologia demonstra o gesto do Governo em atender de maneira facilitada a um segmento da nossa cultura que historicamente tem menos acesso a recursos e editais governamentais, por isso a possibilidade de inscrição tanto por meio eletrônico, quanto por meio oral. É uma iniciativa que valoriza e ao mesmo tempo desburocratiza o acesso dos fazedores da cultura popular aos recursos públicos”, pontua o secretário de Cultura Marcelino Granja.
Segundo Marcelino, o prêmio é também um gesto de reconhecimento e valorização da gestão estadual para segmentos estratégicos e estruturantes da Cultura, como são a dramaturgia e as práticas ligadas aos saberes e fazeres populares. “Uma ação que vem no sentido de reafirmar o papel do Estado na preservação e no incentivo à diversidade e às nossas expressões populares”, coloca o secretário.
“Todas as regras de participação do prêmio estão detalhadas no edital lançado. Estamos felizes porque este prêmio vai promover uma renovação das publicações de textos dramatúrgicos, revelar novos profissionais deste setor, e oferecer um incentivo a mais a mestres e mestras da nossa cultura, evidenciando sua criação e dando visibilidade a este segmento que tanto significa para nossa política pública de Cultura”, afirma Márcia Souto, presidente da Fundarpe.
DRAMATURGIA – No segmento Dramaturgia, o prêmio está dividido nas categorias Teatro Adulto, Teatro de Formas Animadas e Teatro Para Infância e Juventude. Haverá até duas premiações para cada uma delas, sendo R$ 10 mil para os primeiros lugares e R$ 7 mil para os segundos lugares, totalizando R$ 51 mil. Além do prêmio em dinheiro, os autores dos seis textos (primeiros e segundos lugares de cada uma das três categorias) terão suas obras publicadas em meios impressos e eletrônicos (e-books). Poderão concorrer, nesta categoria, pernambucanos, mesmo que não residentes do estado, bem como os escritores naturais de outras unidades da Federação, desde que comprovem residência em Pernambuco há, no mínimo, um ano.
Confira AQUI o Edital do Prêmio e seus anexos.
fonte:

Matérias relacionadas

destaque 369274831697260552

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item