Com 892 notificações de Dengue e 9 de microcefalia, ST reúne forças contra mosquito

O perigoso mosquito Aedes aegypti, transmissor das febres Amarela e Chikungunha ,  da Dengue e, agora, do Zica Vírus, causador da microcefa...

O perigoso mosquito Aedes aegypti, transmissor das febres Amarela e Chikungunha, da Dengue e, agora, do Zica Vírus, causador da microcefalia em fetos, vai enfrentar nos próximos dias, uma grande rede de combate que vem sendo planejada para evitar a proliferação e fortalecimento do inseto em Serra Talhada. A Secretaria Municipal de Saúde já está traçando um plano ousado que contará com o apoio da população e instituições públicas e privadas, mobilizando todos em torno de um único objetivo: evitar que a cidade sucumba à ação nefasta do Aedes, que tem assombrado o país inteiro e atingido de forma preocupante cidades vizinhas a Serra Talhada como Custódia e Arcoverde.
O cenário é mesmo de alerta. Para se ter uma ideia, a Secretaria Municipal de Saúde já notificou 892 casos de Dengue na Capital do Xaxado este ano, com 270 exames laboratoriais confirmados e 139 vinculados à doença. De setembro para cá, os casos suspeitos de microcefalia subiram para nove e a tendência é aumentar se ações não forem tomadas. “Estamos correndo contra o tempo e por isso começamos a preparar um plano que mobilize o máximo de secretarias para que elas também ajudem a nossa pasta com orientações em todos os bairros da cidade”, anunciou o secretário executivo de Saúde, Aron Lourenço, em conversa com o FAROL. Ele adianta que o plano quer contar com ajuda dos moradores e deve ser lançado, oficialmente, nas próximas semanas.
“Vamos também oferecer capacitações para a população de cada bairro, contando com voluntários que receberão treinamento como recebem os agentes de saúde. O nosso intuito é poder traçar um grande diagnóstico da ação do mosquito em Serra Talhada e a partir daí, saber onde podemos atuar com mais força”, detalhou Aron, que já começou a mobilização. Na noite dessa quarta-feira (2), o secretário esteve reunido com empresários locais, na sede da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), explicando o cenário preocupante porque passa o município e convocando todos para a batalha contra o mosquito Aedes aegypti. “Precisamos de todos mobilizados para darmos realmente um basta a isso”, disse Aron.
PLANO
No plano que vem sendo traçado, a Secretaria de Saúde almeja, no tempo previsto de uma semana, mapear o perfil epidemiológico de Serra Talhada para então começar as ações de prevenção e monitoramento ao Aedes aegypti. Entre as ações, a pasta deve contar com a articulação das demais secretarias de governo e outras entidades ajudando na divulgação e mobilizando moradores para se engajarem na campanha. Voluntários ganharão capacitação própria aos agentes de saúde municipais com foco em inspeção domiciliar. A campanha visa estimular a vigilância levando também a discussão sobre a alta periculosidade do mosquito para além dos muros das casas.
DENGUE

Matérias relacionadas

destaque 1411048562456993544

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

UNICON CONTABILIDADE

UNICON CONTABILIDADE

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2017

https://www.tabeladobrasileirao.net/serie-a/widgets/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim
item