Bandidos armados entram em sindicato de ST e levam cerca de R$ 500

Dois homens armados entraram no Sindicato de Trabalhadores Rurais de Serra Talhada (STR) na manhã desta sexta-feira (16), no centro da Ca...

DSC_0051

Dois homens armados entraram no Sindicato de Trabalhadores Rurais de Serra Talhada (STR) na manhã desta sexta-feira (16), no centro da Capital do Xaxado, e levaram aproximadamente R$ 500 de pagamentos referentes à ONG Adessu Baixa Verde, de Triunfo. Os bandidos roubaram também bolsas, documentos pessoais e celulares de três funcionárias que realizavam o pagamento a cerca de 100 beneficiários que receberiam a última parcela de um convênio para construção de 1023 cisternas na região.
O valor unitário dos pagamentos é de R$ 159. Em conversa com o FAROL, o presidente do STR, Flaviano Marcus da Silva, disse que o assalto aconteceu por volta das 9h e pegou todos de surpresa. “Vamos estudar uma forma de ressarcir às pessoas e de garantir uma maior segurança no sindicato, mas os pagamentos eram referentes à ONG Adessu, que nos solicitou o espaço. Eles levaram cerca de R$ 500″, explicou.
A Polícia Militar informou que imagens de câmeras de segurança irão ajudar nas investigações. “As pessoas que realizaram este crime provavelmente devem ser do meio. Existem câmeras de segurança do lado de fora e vamos ver a possibilidade de identificar a placa do veículo dos assaltantes”, disse o soldado Alencar, alertando que o sindicato deve fazer um encaminhado ao 14º BPM solicitando apoio da PM quando realizar outros tipos de pagamentos.
DSC_0044Segundo testemunhas, os homens entraram no STR encapuzados e com blusas pretas. No meio de dezenas de agricultores, um deles apontou um revólver discretamente para mulheres que realizavam o pagamento das cisternas, enquanto um comparsa vigiava a porta. “Eles chegaram mesmo na hora que eu ia receber o dinheiro, aí botou o braço no meu peito e disse baixinho: ‘fique para trás que é um assalto’, aí eles levaram as bolsas”, relatou o agricultor Jorge Pereira, 50 anos.
Já a agricultora Célia Maria Margarida de Barros, 50 anos, disse que a ação dos bandidos foi tão discreta e rápida que ela sequer percebeu que estava bem no meio de um crime. “Quando eles chegaram eu estava assinando o documento para receber o dinheiro. Aí, quando devolvi o papel, já me avisaram que havia tido um assalto. Eu nem vi, mas acabei ficando nervosa depois”. Essa é a primeira vez que a sede do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Serra Talhada é alvo de criminosos armados.

Postar um comentário

emo-but-icon

Rádio Cidade Mix Ao vivo


(Clique no play para ouvir)

Curta nossa Fanpage

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

WhatsAPP BLOG ELIAS PUBLICIDADES

Parceiros

Brasileirão 2016

http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/

Grande Serra

Grande Serra

CSB

CSB
A FABRICA DE EVENTOS

Total de visualizações de página

Apoio Secretário de Agricultura

Apoio Secretário de Agricultura
Cleiton Beijamim

Vereador Arnaldo de Zé de Bia

Vereador Arnaldo de Zé de Bia
item